20201404_ECO_Thumb_EMKT

Dividendos e JCP’s em 2019 são os maiores da história

Para a análise da distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio (JCP’s) nos últimos 10 anos foram consideradas as seguintes condições:

– As empresas da amostra devem ter dados disponíveis na CVM nos 10 anos analisados;

– O levantamento não considera nenhum ajuste pela inflação, os valores estão em Real e são nominais.


Conclusões
O volume de dividendos e JCP´s de 234 empresas de capital aberto distribuído no ano de 2019 é de R$ 119,2 bilhões, valor 13% superior ao do ano de 2018 e o maior valor nominal historicamente.

Nos últimos 4 anos o volume de dividendos e JCP’s vem crescendo continuamente.

Entre os anos de 2016 e 2019 o crescimento da distribuição de dividendos foi de 77,6%, em 2016 o volume foi de R$ 67,16 bilhões contra R$ 119,2 bilhões em 2019.

O menor valor da amostra é registrado no ano de 2010 com R$ 59,6 bilhões.

Análise dos últimos dois anos

Um segundo levantamento considera a variação da distribuição dos dividendos e JCP´s entre os anos de 2018 e 2019. Para o levantamento consideramos somente empresas que têm dados disponíveis nos dois anos da amostra, com isso o número de empresas é maior com relação à primeira análise.O segundo levantamento considera 291 empresas com dados disponíveis nas duas datas.
Setores que mais distribuem dividendos e JCP´s

O setor de bancos com 22 instituições tem o maior volume de recursos distribuídos em 2019 com R$ 60,4 bilhões, valor 53,3% superior ao do ano de 2018.

O setor de mineração com duas empresas tem a maior redução, devemos salientar que o setor é representado basicamente pela Vale S.A.. No ano de 2019 o volume distribuído é de R$ 695,0 milhões contra R$ 13,0 bilhões no ano de 2018.

O setor de petróleo e gás com R$ 15,1 bilhões é o segundo setor com maior volume distribuído.

As 25 empresas que mais distribuem dividendos e JCP’s em 2019

Na tabela abaixo listamos as 25 empresas com maior volume de recursos distribuídos aos seus acionistas no ano de 2019. A lista é liderada pelo banco ItauUnibanco com R$ 26,1 bilhões, valor 29,1% superior ao ano de 2018.

Entre as 25 empresas temos cinco empresas do setor de Energia Elétrica, quatro Bancos, quatro de Petróleo e Gás, três de Serviços financeiros e seguros, duas empresas de Alimentos e Bebidas, duas de Telecomunicações e outros cinco setores com uma empresa cada.

O valor distribuído pelas 25 maiores em 2019 é de R$ 111,4 bilhões, que representa 79,2% do total da amostra de 291 empresas. Já o crescimento com relação a 2018 é de 44,24%.

Considerando-se que os dividendos distribuídos no ano de 2019 em sua grande maioria são referentes aos lucros das empresas no ano de 2018 é de se esperar que no ano de 2020 o volume de dividendos e JCP’s seja superior ao do ano de 2019, já que em 2020 se receberá os valores referentes ao ano de 2019.

O lucro das 25 maiores empresas distribuidoras de dividendos no ano de 2019 é 13,7% superior ao do ano de 2018, o que em teoria representaria um crescimento nos mesmos patamares de dividendos, caso as empresas não mudem a sua política de distribuição de dividendos no ano de 2020 com relação ao ano de 2019.

Das 25 empresas da amostra, 17 têm crescimento de lucratividade no ano de 2019 com relação ao ano de 2018.

É importante lembrar que no caso dos bancos a distribuição de dividendos e JCP´s é feita normalmente de forma mensal e que no ano corrente fazem distribuição referente ao ano em curso e têm um dividendo maior no fechamento anual.

Caso deseje personalizar o estudo e seja usuário da nossa solução, entre em contato com nosso suporte pelo e-mail info@economatica.com.br para que possamos lhe auxiliar na elaboração do estudo. Se ainda não for usuário da nossa plataforma, solicite um trial.

ESTUDOS RELACIONADOS

Grandes bancos – Consolidando resultados no prim…

O levantamento considera os resultados trimestrais dos quatro maiores bancos do Brasil...

Leia mais

8 de maio de 2020 | Por Economatica

Evolução da alocação de Títulos Públicos e O…

O levantamento foi efetuado considerando as seguintes condições: – Listamos todos os...

Leia mais

7 de maio de 2020 | Por Economatica

Relatório mensal de fundos de investimento por cl…

Com base nos dados disponíveis na nossa plataforma de análise (fonte CVM/ANBIMA),...

Leia mais

6 de maio de 2020 | Por Economatica