20200705_ECO_EMKT

Evolução da alocação de Títulos Públicos e Operações compromissadas na indústria de fundos

O levantamento foi efetuado considerando as seguintes condições:

– Listamos todos os fundos ativos e inativos de dezembro de 2014 até março de 2020 para a verificação da alocação dos fundos em títulos públicos e operações compromissadas, portanto a amostra de fundos é variável no tempo e representa uma amostra real da indústria mês a mês;

– Para a análise do total de alocação em títulos públicos e operações compromissadas foram utilizadas todas as posições informadas nas carteiras disponibilizadas pelos gestores na CVM e, mesmo que as posições detalhadas estejam escondidas conforme regulamentação CVM, as posições totais são informadas, o que permite ter uma amostra real da alocação de estes instrumentos na indústria;

– Para a análise detalhada por tipo de título público ou operação compromissada o levantamento está com as posições 100% corretas até o mês de janeiro, que é a última carteira aberta com detalhamento conforme normativa CVM Ver: OFÍCIO-CIRCULAR/CVM/SIN/Nº 03/ 2010 de 15 de outubro de 2010 (http://www.cvm.gov.br/export/sites/cvm/legislacao/oficios-circulares/sin/anexos/oc-sin-0310.pdf ).

Conclusões

Evolução da posição em títulos públicos (TP´s) e Operações compromissadas (OC´S) na indústria de fundos

No mês de março de 2020 o volume alocado pela indústria em Títulos Públicos é de R$ 2,12 trilhões, valor 4,85% inferior ao do mês de fevereiro de 2020 ou 166,5% superior a dezembro de 2014.

No mês de fevereiro de 2015 os Títulos Públicos passaram a ter maior representatividade que as OC´s.

O volume financeiro alocado em Operações Compromissadas no mês de março é de R$ 1,02 trilhão e representa crescimento de 4,48% com relação ao mês de fevereiro.

Evolução dos tipos de títulos públicos alocados na indústria de fundos
O levantamento considera as posições com 100% de assertividade até o mês de janeiro de 2020 e demonstra que o maior volume alocado na indústria de fundos é em LFT´s, que no mês de janeiro concentravam R$ 1,12 trilhão. Desde março de 2019 o volume financeiro alocado em LFT´s vinha subindo consecutivamente todo mês. Os valores de fevereiro alocados em LFT´s é de R$ 1,04 trilhão, mas não considera 100% da alocação porque temos alguns fundos com as posições detalhadas em Títulos Públicos escondidas. Da mesma maneira o número de março de R$ 971 bilhões não está 100% consolidado.

As NTNB´s no mês de janeiro recebem alocação de R$ 712 bilhões, este valor está consolidado com todos os fundos abertos, já as posições de fevereiro e março são parciais.

As LTN´s respondem por R$ 204 bilhões, as NTN-F´s por R$ 83 bilhões e as NTN-C´s por 72 bilhões em janeiro, lembrando que as posições de fevereiro e março são parciais.

Os ativos mais alocados na indústria de fundos no mês de janeiro de 2020
Na tabela abaixo encontramos os 25 instrumentos mais alocados na indústria de fundos entre Títulos Públicos e Operações Compromissadas.

O volume total alocado em Títulos Públicos e Operações Compromissadas no mês de janeiro de 2020 é de R$ 3,19 trilhões.

A LFT 210100 2024-09-01 é a mais alocada em janeiro de 2020 com R$ 230,9 bilhões, o que representa 7,24% do total alocado em Títulos Públicos na indústria.

Dos 25 instrumentos mais alocados em janeiro, sete são do tipo Operações Compromissadas e 18 são Títulos Públicos.

Nove são Títulos Públicos LFT, oito NTN-B Títulos Públicos, 5 LFT Operações Compromissadas, 01 LTN Título Público, 01 LTN Operação Compromissada e 01 NTN-C Operação Compromissada.

Os 25 principais ativos concentram 69,94% do total alocado na indústria de fundos em Títulos Públicos e Operações compromissadas.

As principais posições de Títulos Públicos

O volume total alocado em Títulos Públicos no mês de janeiro de 2020 é de R$ 2,22 trilhões, sendo que a LFT 210100 2021-09-01 tem a maior posição com R$ 186,6 bilhões, o que representa 8,4% do total.

Das 25 maiores posições temos onze NTN-B´s, 10 LFT´s, 2 NTN-C, uma LTN e uma TDAE.

Os 25 ativos concentram 83,66% do total alocado na indústria de fundos.

As principais posições em Operações Compromissadas.

O volume total alocado em Operações Compromissadas no mês de janeiro de 2020 é de R$ 969,1 bilhões, sendo que a LFT 210100 2022-09-01 tem a maior posição com R$ 230,9 bilhões, o que representa 23,83% do total.

Os 25 ativos concentram 91,61% do total alocado na indústria de fundos.

Os gestores com maiores posições em Títulos Públicos
O BB Gestão de Recursos Dtvm S.A. tem a maior posição com R$ 557,2 bilhões, que representa 25,08% do total alocado na indústria de fundos.

A BRAM com 14,34% tem a segunda maior posição.

As 25 gestoras com maiores posições concentram 85,51% do total.

Os gestores com maiores posições em Operações Compromissadas

O BB Gestão de Recursos Dtvm S.A. com 338,7 bilhões é a gestora com maior posição, o que representa 34,95% do total alocado na indústria em Operações compromissadas.

O Itau Unibanco S.A. com 18,04% tem a segunda maior posição.

As 25 gestoras com maiores posições concentram 89,82% do total.

As principais posições da BB Gestão de Recursos Dtvm S.A em Títulos públicos

A principal posição da gestora é LFT 210100 2021-09-01 com 56,1 bilhões, que representam 10,07% do total alocado pelo BB Gestão de Recursos.

As 25 maiores posições concentram 86,77%.

As principais posições do Bram – Bradesco Asset Management S.A. em Títulos públicos

A principal posição da gestora é LFT 210100 2021-09-01 com 33,5 bilhões que representam 10,52 % do total alocado em Títulos Públicos pelo BRAM.

As 25 maiores posições concentram 95,3%.

As principais posições do Itau Unibanco S.A. em Títulos públicos

A principal posição da gestora é a LFT 210100 2021-09-01 com 47,9 bilhões, que representam 17,68 % do total alocado em Títulos Públicos pelo Itau Unibanco S.A..

As 25 maiores posições concentram 90,93%.

Se já for usuário da plataforma de fundos da Economatica e desejar efetuar algum levantamento complementar entre em contato com o nosso suporte pelo telefone 011 40813800 ou pelo email info@economatica.com.br . Se ainda não é nosso usuário ou não possui a base de fundos, solicite um trial pelos mesmos canais.

ESTUDOS RELACIONADOS

Grandes bancos – Consolidando resultados no prim…

O levantamento considera os resultados trimestrais dos quatro maiores bancos do Brasil...

Leia mais

8 de maio de 2020 | Por Economatica

Evolução da alocação de Títulos Públicos e O…

O levantamento foi efetuado considerando as seguintes condições: – Listamos todos os...

Leia mais

7 de maio de 2020 | Por Economatica

Relatório mensal de fundos de investimento por cl…

Com base nos dados disponíveis na nossa plataforma de análise (fonte CVM/ANBIMA),...

Leia mais

6 de maio de 2020 | Por Economatica