Gestoras na indústria de fundos e as RPPS que mais alocam em Fundos Imobiliários (FII)

O levantamento das posições dos fundos da indústria e dos RPPS é efetuado com as seguintes considerações:

– Base de todos os fundos da indústria ativos e encerrados (mais de 51.000 fundos);

– Base das carteiras de todos os RPPS (1883 RPPS);

– Posição em FII nos últimos 12 meses até outubro de 2019;

– Ranking considera a posição no mês de julho de 2019 tendo em vista que alguns fundos têm as posições fechadas nos últimos três meses conforme normativa CVM. Ver: OFÍCIO-CIRCULAR/CVM/SIN/Nº 03/ 2010 de 15 de outubro de 2010 (http://www.cvm.gov.br/export/sites/cvm/legislacao/oficios-circulares/sin/anexos/oc-sin-0310.pdf )

Conclusões

Gestores com maiores posições em FII

Na tabela abaixo encontramos as 25 gestoras com maiores posições em FII no mês de julho de 2019. A tabela traz valores também para os últimos três meses, porém o valor é parcial tendo em vista que alguns fundos podem estar com as suas carteiras fechadas nesse período.

Na lista temos as RPPS como um único item consolidando todas as posições deste segmento como se fossem uma única gestora.

Atualmente 139 gestoras têm posições em FII por meio de 719 fundos.

O valor total alocado na indústria de fundos e RPPS em FII no mês de julho de 2019 é de R$ 19,09 bilhões.

A Modal Administradora de Recursos Ltda é a gestora com a maior posição no mês de julho com R$ 3,33 bilhões em um único fundo.

A gestora com maior número de fundos entre as 25 é a Tag Investimentos Ltda com 23 fundos e R$ 356 milhões alocados.

286 RPPS estão na quinta posição com R$ 1,16 bilhão alocado em FII.

A HSI – Hemisfério Sul Investimentos S.A. começou a alocar em FII no mês de maio de 2019 através de um único fundo.

Entre as 25 gestoras com maiores posições em FII não temos nenhum dos grandes bancos de varejo.

As 25 gestoras com maiores posições concentram 93,1% do total alocado no mês de julho em FII.

Alocação por fundo

Na tabela abaixo listamos os 25 fundos com maior alocação em FII no mês de julho de 2019.

O BTG Pactual Wm Gestão de Rec. Ltda tem 4 fundos na lista dos 25 maiores, seguido pela Pragma Gestão de Patrimônio Ltda com três fundos. Duas gestoras têm dois fundos e outras 14 apresentam um único fundo entre os 25.

Na vigésima quarta posição encontramos o RPPS do Estado de Tocantins com R$ 118 milhões alocados em FII.

O fundo FI Mult Norstar Cred Priv da Modal é o fundo com maior alocação com R$ 3,3 bilhões.

Cinco fundos têm alocação superior a R$ 1 bilhão.

Alguns fundos têm as suas posições abertas nos últimos três meses. Caso algum fundo não apresente valor em um dos últimos três meses não podemos assumir que a posição foi descontinuada, porque o fundo tem a prerrogativa de não revelar suas posições conforme permitido pela autarquia (CVM).

RPPS – quais estados têm mais posições em FII

Na tabela abaixo listamos os RPPS por estado e encontramos os 25 com as maiores posições em FII.

No mês de julho de 2019 o estado de São Paulo tem R$ 307,9 milhões alocados em FII por meio de 66 RPPS.

286 RPPS de 24 estados alocam R$ 1,16 bilhões em FII.

O ranking foi efetuado no mês de julho tendo em vista que alguns RPPS ainda não publicaram as suas carteiras no CADPREV dos últimos três meses.

Tocantins, com três RPPS, é o estado com a segunda maior posição em FII.

Na terceira posição está o Rio Grande do Sul entre os estados com maior número de RPPS alocando em FII.

Os RPPS com maiores posições em FII

Listamos abaixo os 25 RPPS com maiores posições em FII no mês de julho de 2019.

O RPPS do Estado do Tocantins – TO é o que tem o maior valor alocado em FII no mês de julho de 2019 com R$ 117,6 milhões, seguido pelo RPPS do Distrito Federal – DF com R$ 44,4 milhões.

O estado de São Paulo tem oito RPPS entre os 25 RPPS com maior alocação em FII, seguido pelo estado de Minas Gerais com três RPPS. Dois estados têm dois RPPS e outros 10 estados apresentam um RPPS cada.

Os FII mais alocados na industrai de fundos e pelos RPPS

Na lista abaixo temos os 25 FII mais alocados nos fundos da indústria e RPPS.

Dos 25 fundos mais alocados, 16 têm a classificação FII Híbrido Gestão Ativa, seis FII Renda Gestão Ativa, dois FII Renda Gestão Passiva e um FII Híbrido Gestão Passiva.

O fundo 2509 FII Imobiliário, da Oliveira Trust Servicer, é o fundo mais alocado pela indústria de RPPS com R$ 2,3 milhões no mês de julho.

O fundo Internacional Shopping FII tem a segunda maior alocação com R$ 1,31 milhão.

A Modal Administradora de Recursos Ltda tem seis fundos entre os mais alocados, seguida pelo Brpp Gestão de Produtos Estruturados com quatro fundos. Duas outras gestoras têm dois fundos e 11 gestoras participam da lista com um fundo.

Caso deseje personalizar o estudo e seja usuário da nossa solução, entre em contato com nosso suporte pelo telefone 011 40813800 ou pelo e-mail info@economatica.com.br para que possamos lhe auxiliar na elaboração do levantamento. Se ainda não for usuário da nossa plataforma solicite um trial.

ESTUDOS RELACIONADOS

Distribuição do patrimônio da indústria de fun…

Levantamento com 22.090 fundos segue a seguinte metodologia: – O patrimônio líquido...

Leia mais

20 de fevereiro de 2020 | Por Economatica

Fundos Multimercados que bateram o CDI em janelas …

Metodologia – Consideramos todos os fundos multimercado conforme classificação ANBIMA;– Calculamos o...

Leia mais

18 de fevereiro de 2020 | Por Economatica

Quatro maiores bancos brasileiros distribuem divid…

O volume financeiro distribuído pelos quatro maiores bancos brasileiros (Santander, Banco do...

Leia mais

14 de fevereiro de 2020 | Por Economatica