Bolsa atinge R$ 4 trilhões de valor de mercado, mas ainda é menor que a indústria de fundos. Renda variável representa somente 7,58% do patrimônio da indústria de fundos.

O valor de mercado da bolsa brasileira ultrapassa os R$ 4 trilhões no mês de julho de 2019 e bate recorde histórico.

No mês de junho de 2019 a indústria de fundos tem R$ 4,7 trilhões, a indústria de fundos superou os R$ 4 trilhões em março de 2018.

Atualmente o patrimônio da indústria de fundos é 17,76% superior ao valor de mercado das empresas da bolsa.

De dezembro de 2012 até junho de 2019 o valor de mercado da bolsa só foi maior que o patrimônio da indústria em 10 oportunidades.

evolução do valor de mercado da bolsa e do patrimonio da industria

Renda variável na indústria de fundos

No mês de junho de 2019 registramos R$ 357 bilhões alocados em ativos de renda variável, que é o maior valor nominal de alocação desde 2012 quando a Economatica começou o levantamento.

Em junho de 2019 o volume alocado em renda variável pela indústria de fundos representa 7,58% do patrimônio, que é o melhor percentual desde agosto de 2014.

Para o cálculo da posição em renda variável a Economatica considerou a posição Gross (long + posição doada + posição alugada).

evolução em porcentagem e em milhoes da alocação em renda variavel

Caso deseje personalizar o estudo e seja usuário da nossa solução, entre em contato com nosso suporte pelo telefone 011 40813800 ou pelo e-mail info@economatica.com.brpara que possamos lhe auxiliar na elaboração do levantamento. Se ainda não for usuário da nossa plataforma solicite um trial.

ESTUDOS RELACIONADOS

Gestores que mais ganharam cotistas no ano de 2019…

Com o Screening de fundos da Economatica é possível efetuar o levantamento...

Leia mais

7 de outubro de 2019 | Por Economatica

Fundos espelho na indústria de fundos – grandes…

A análise efetuada pela Economatica considera os seguintes critérios para determinar os...

Leia mais

30 de setembro de 2019 | Por Economatica

Estoque de debêntures na indústria de fundos cre…

Economatica calcula o estoque de debêntures que estão alocados na indústria de...

Leia mais

27 de setembro de 2019 | Por Economatica